107252448_2662590937318533_3015304539468532260_n

Os cuidados contra o coronavírus fizeram com que, ao sair de casa, as pessoas carregassem um recipiente contendo álcool para desinfetar aos mãos. E por ser inflamável, circulam pelas redes sociais alguns relatos de que a substância teria dado início a incêndio dentro de veículos. Possibilidade existe, já que o álcool é um combustível. Mas, para isso acontecer, é preciso que haja algum agente externo, como uma faísca ou uma fonte de calor. Agora, a AUTOCOMBUSTÃO DO ÁLCOOL é muito improvável, já que exigiria uma temperatura de 300 graus Celsius. Para evitar acidentes, se o carro estiver que ficar no sol, evite deixar o álcool dentro. Mas, se ficar, não deixar o frasco exposto ao sol, deixe embaixo do banco ou dentro do porta-luvas. E, mesmo à sombra, sempre se certificar que o frasco de álcool está fechado. Atenção ao álcool líquido, ele é mais perigoso pro ser mais inflamável.